2.4 Banguecoque: Dicas

2.4 Banguecoque: Dicas

  • Tente colocar Bangkok no final dos itinerários. Banguecoque é uma cidade maravilhosa e muito movimentada. As opções para compras, vida noturna, ou para, simplesmente, explorar a cidade, não têm fim. Uma vez que os turistas se habituarem à cultura Tailandesa, e ao ritmo de Bangkok podem descobrir os centros comerciais e os mercados, sem terem de carregar as suas compras para outros destinos.
  • Bangkok tem muitos pontos de referência culturais para visitar, que são de fácil acesso, quer de tuk-tuk, taxi ou serviços de barcos, que existem ao longo do rio. O Skytrain e o metro também são muito eficazes e fáceis de usar.
  • Jante, pelo menos uma vez, num restaurante típico ou numa tenda de rua. Tem um grande leque de opções, incluindo o típico restaurante chamado “Cabbages and Condoms”, e sim, acertou, o restaurante está decorado com preservativos (condoms), que combina boa gastronomia com educação sexual.
  • Uma viagem de barco pelos Klongs (canais) para experienciar a “Veneza do Extremo Oriente”, com canais curvilíneos repletos de mercados para ver ao longo do caminho.
  • Os Resorts mais conhecidos de Pattaya Hua Hin e Cha Am estão localizados perto de Banguecoque e são úteis para clientes que tenham de fazer escalas ou para famílias que queiram evitar transferências longas. Hua Hin é especialmente conveniente, estando a três horas de carro da capital. Os Resorts de Koh Samui e Phuket também não são distantes, se for de avião.

Banguecoque: Dicas

Responder
RESPONDER