2.3 Banguecoque: O que fazer

2.3 Banguecoque: O que fazer

Compras

Banguecoque é sem dúvida o paraíso dos compradores com tudo desde centros comerciais com as mais variadas lojas com as últimas novidades eletrónicas aos mercados de rua repletos de arte e artesanatos e os mercados noturnos com deliciosa comida de rua. Comprar fatos feitos à medida, seda tailandesa, algodão, pedras preciosas, bronze e porcelanas é uma experiência única em Banguecoque, e existem também lojas de designers a preços muito acessíveis a explorar. Aqui estão alguns dos locais que pode recomendar aos seus clientes:

  • O Mercado de Chatuchak é um dos maiores mercados de fim de semana, cobrindo uma área de cerca de 10 hectares! Existem mais de 1500 barracas repletas de antiguidades, artesanatos e lembranças.
  • Existe um incontável número de lojas em Banguecoque. Os mais conhecidos centros comerciais de Banguecoque incluem:
    • O Siam Paragon, que tem cerca de dez andares e inclui algumas das mais conhecidas marcas internacionais como Hermès, Bottega Venetta, Giorgio Armani, Chloé, Dolce & Gabbana e muito mais.
    • O MBK Centre que é um centro comercial versátil, com cerca de sete andares, famoso pelas suas lojas movimentadas de móveis e acessórios com mais de 100 outlets por andar.
    • Central World que é o sexto maior centro comercial do mundo e que contém sete andares, cobrindo uma área de 180.000 m², contendo mais de 490 lojas.
  • O mercado flutuante de Damnoen Saduak, que está a decorrer até à meia noite, todos os dias da semana, e é uma ótima oportunidade para tirar boas fotografias e para comprar algumas lembranças. Outros mercados flutuantes de Banguecoque, mas mais pequenos, são o de Kholang Lat Mayom, Amphawa e Bang Khu Wiang, autênticos mercados flutuantes não-turísticos, que se encontram abertos todos os dias, das 04h às 07h da manhã.
  • O Asiatique é um desenvolvimento único no rio, com cerca de 1500 pequenas boutiques que vendem todo o tipo de itens, incluindo roupa, arte, artesanato e curiosidades.

Banguecoque: O que fazer

Locais a visitar

  • Grand Palace: O Grand Palace, edifício da cúpula dourada, construído no século XVIII, é imperdível. O complexo inclui o Templo da Esmeralda do Buda, enquanto, mesmo ao lado, se encontram as casas Wat Pho, onde se encontra um enorme Buda dourado em pose reclinada. Como é o templo mais antigo de Banguecoque, Wat Pho é o sítio certo para receber uma tradicional massagem tailandesa.
  • Casa Tailandesa Jim Thompson: a antiga casa de Jim Thompson, ajuda os visitantes a perceber um pouco mais sobre a sua vida e o seu comércio. Ele que era empreendedor, explorador e um dos ocidentais mais populares a viver na Tailândia. Outra razão, pela qual vale a pena visitar a antiga casa de Jim Thompson é a impressionante coleção de arte.
  • Visite templos menos conhecidos como, Wat Saket (também conhecido como The Golden Mount) que proporciona uma excelente vista sobre Bangkok, e Wat Arun, ou Templo de Dawn, que fica nas margens do rio.
  • A China Town de Bangkok é o destino perfeito para os foodies, com as muitas tendas de rua e mercados de comida.
  • Um dia em Kanchanaburi: Para lá da cidade está a vila de Kanchanaburi, que é o famoso local em que está situada a ponte sobre o rio Kwai. Esta ponte foi construída por prisioneiros da guerra, sob o comando japonês. Poderá encontrar também um memorial, dois museus, e o Cemitério da Guerra. Também é um bom lugar para passeios aventureiros a parques nacionais, que estão localizados em área com cascatas, grutas, ruínas, templos, lagos e floresta.
  • O mercado de Maeklong Railway: Mercado muito conhecido entre os moradores da zona, onde vendedores e compradores têm de se desviar dos comboios que passam periodicamente, neste mercado incomum da Tailândia.
  • Um Património Mundial da UNESCO, Ayutthaya tem mais de 500 anos, e foi capital da Tailândia durante 417 anos.

Banguecoque: O que fazer

Responder
RESPONDER